top of page

Textos autorais

"Na tentativa de recuperar a autoconfiança e a capacidade de falhar sem o peso da culpa e sem a necessidade do autoflagelo, tenho realizado o exercício de me questionar constantemente: eu quero ser suficiente pra quem? E por que? Racionalmente, eu — e sei que você também — conheço bem a resposta para essas perguntas, assim como as implicações que essa resposta traz. O desafio, porém, é aceitá-la no íntimo do estômago."

O mito da insuficiência

Sobre o direito de existir

Sobre o luto do sentir

Quando descobri que sou uma mulher negra ou Coisas que não estou dizendo

bottom of page